Skip to content

NE REVOLUTION—2—SEATTLE SOUNDERS—1
Vitória justa, num bom jogo de futebol,,,
Numa tarde em que os adeptos do Revolution vieram em grande numero, o Revolution respondeu com uma exçelente exibição.
Mas tambem se diga, que o nome de um dos melhores, senão o melhor jogador do Campeonato do MLS, Clint Dempsey joga nesta equipa do Sounders.
Por isso um motivo que levou 22 mil espetadores ao estádio Gillett, mas Clint Dempsey não jogou, por motivos de estar na seleção nacional dos Estados Unidos.
Mas não foi mal empregado o tempo que estiveram no estádio, joi um exçelente jogo de futebol, com as duas equipas a tentaram ganhar o jogo, porque as duas equipas partiram para este jogo numa igualdade de pontos.
E comecou ççedo o Revolution a procura do golo, e Diego Fagundez, reçebeu um passe de Kei Kamara e rematou por çima da barra da baliza á guarda de Stefan Frei.
Mas na resposta a equipa visitante marcou, boa jogada de ataque dos visitantes e Joevin Jones meteu a bola para a entrada da area e Aaron Kovar rematou de primeira para o fundo da baliza.
Estava feito o primeiro golo do jogo, agora era esperar para ver se os comandado de Jay Heapys tinham capaçidade de dar a volta a esta resultado.
E aos 23 minutos de jogo penalty a favorecer a equipa do Revolution, quanto a nos o árbitro do encontre exagerou, o defesa do Seattle ao aliviar a bola açertou em cheio no braco do seu colega, mas o árbitro foi perentório e marcou penalty, que Lee Nguyen transformou no golo da igualdade.
A partir deste golo as duas equipas começaram a procura do golo que lhe desse os tão almejados 3 pontos
Mas foi Femi Hollinger acabadinho de entrar que acabou com o jogo, ganhou uma bola bem longe da baliza do Seattle e arancou um remate e a bola so parou no fundo da baliza do guarda redes do Seattle Sounders.
Estava feito o resultado final, e com ele a primeira vitoria do Revolution depois de estar a perder por 0-1, consegui dar a volta ao resultado.
Vitoria certa do Revolution, mas se o jogo tivesse acabado num empate tambem se açeitaria, no Seattle foi notória a falta do melhor jogador deste Campeonato Clint Dempsey.

NE REVOLUTION—2—SEATTLE SOUNDERS—1

NE REVOLUTION—2—SEATTLE SOUNDERS—1

NE Revolution 1- Portland Timbers-1

NE Revolution 1- Portland Timbers-1

Jogo de fraco nivel, resultado justo

Não foi um jogo de grande qualidade, espeçialmento nos primeiros 45 minutos.

Cause toda a primeira metade do jogo foi cause todo ela jogado no meio campo, com muitas perdas de bola por parte de ambas as equipas.

Jogadas de perigo, poucas ou nenhumas, ate pareçia que as duas equipas não queriam perder, e o medo de errar e de sofrer um golo levavam as duas equipas a ser muito cautolosas a sair para o ataque.

Nos primeiros 45 minutos foi preçiso esperar pelo minuto 26 para ser ver um remate a baliza.

E foi Lucas Melano a levar a bola até cause a linha de fundo e a cruzar e Fanendo Adi a rematar por çima da barra.

Para depois o Revolution responder com um remate Watson tambem este a sair por çima da barra da baliza de Jake Gleeson.

E quanto o primeiros 45 minutos estamo falados, na segunda metade foi um pouco melhor, pelo menos houve dois golos.

Logo na primeira jogada do eniçio do segundo tempo, Lee Nguyen a meter em Kyle Rowe com este a rematar forte para defesa apertada do guarda redes do Portland para canto.

E aos 51 minutos de jogo foi a vez do médio do Revolution, Daigo Kobayashi rematar forte com a bola a passar muito perto da baliza de Jake Gleeson.

Aos 64 minutos de jogo a equipa visitante vai chegar ao golo, Cruzamneto de Lucas Melano e Jack Barmby a rematar de primeira e a bola a entrar no canto esquerdo na baliza de Bobby Shuttleworth.

Mas quando todos pensavam que estava feito o resultado eis que num contra ataque rápido pelo lado direito como atacava o Revolution, Lee Nguyen cruza para a frente da baliza e o defesa Jermaine Taylor introduz a bola na sua baliza.

Estava assim feito o resultado final, e o resultado que mais se ajusta ao que se passou neste jogo, porque nenhuma das duas equipas mereçiam levar os 3 pontos em disputa.

Já no proximo sabado o Revolution vai defrontar o Orlando FC com Káká a ser a maior atração do jogo

 

v

MLS 2016

O New England Revolution dá o pontapé de saida da temporada 2016 hoje, domingo pelas 3 horas da tarde, depois de ter chegado as meias finais na época transata, este ano não se pode esperar menos.

Mas com a saida de Jermaine Jones o Revolution perdeu o seu melhor jogador para o Colorado Rapids, embora a última época Jones não foi o mesmo elemento tão util como foi na época de 2014.

Perdeu protagonismo na ultima temporada, e o alto salário que Jones vinha a ufruir, levou com que o Revolution não renovasse o seu contrato e conseguise um emtendimento com o Rapids para um negoçio que benefeçia-se as duas partes.

Não me admira nada que o NE Revolution não renova-se o contrato de Jones, aos anos que ando a acompanhar o Revolution, porque a equipa de Foxboro não é muito amiga de jogadores com altos salários.

A nova estrela desta equipa do Revolution, pode muito bem ser Gershon Koffie, alto forte e com bom toque de bola, pode ser o subestituto de Jermaine Jones, mas vamos esperar para ver.

Com cause o mesmo plantel, e com a edição de varios jovens, entre outros Sambinha, emprestado pelo Sporting Clube de Portugal, pode ser que Jay Yeaps consiga fazer uma temporada mais ou menos como da epoca transata.

No primeiro embate da epoca, o Revolution vai defrontar o Houston Dynamo, um estadio sempre complicado para os comandados de Jay Heaps, não perder o primeiro é sempre importante, mas vai ser muito difiçil ao Revolution sair de Texas com pontos.

O campeão em titulo o Portland Timbers vai defrontar o finalista vençido o Columbus Crew, uma repetição do ultimo jogo da temporada passada, mas um jogo com menos responsabilidades do que o ultimo que value um titulo.

No jogo inaugural esta tarde Toronto e Red Bull vão medir forças, uma repetição das meias finais, em que sai vençedor os Red Bulls, a desforra esta ai á porta, mas se fosse de apostar, apostava nos Red Bulls.

Vancouver White Caps vai medir forças com o Montreal Impact, duas equipas que desapontarem na época transata, não admira nada se este encontro acabar com um empate.

Orlando vs Real Salt lake, na epoca que Orlando deu o pontapé de saida nesta competição, com os jogadores de nome era de esperar melhor, o Real Salt Lake perto do final da temporada passada perdeu a força com que começou a epoca.

Chicago vs NYFC, vamos a ver até que ponto este NYFC vai chegar, gastaram rios de dinheiro mas os resultados não foram os esperados, quanto ao Fire, esteve muito aquem da quela equipa que ganhava titulos, mas mesmo assim acredito que o Fire vença esta partida.

Dalllas vs Philadelfia apostamos na vitória do Dallas, quanto ao S Jose e o Colorado, sem Jermaine Jones a cumprir seis jogos de suspensão, acredito que S.Jose sai vençedor deste jogo.

EXCELENTE JOGO DE FUTEBOL

NE REVOLUTION—2—NY RED BULLS –1

Revolution a jogar assim e um sério candidato ao titulo,,,

Foi um exçelente jogo de futebol,a jogar desta maneira o Revolution é sim senhor um sério candidato ao titulo.

Nesta partida o Revolution começou da melhor maneira, e marcou logo ao primeiro minuto,Diego Fagundez a passe de Juan Agudelo fez funçionar o marcador.

Num jogo em que o primeiro lugar estava em disputa, o Revolution tinha assim conseguido o seu primeiro golo do jogo logo no primeiro remate que fez a baliza de Luis Robles.

A partir do golo assisti-se a um jogo muito disputado, com as duas equipas a procurar o golo, por parte do Revolution o segundo golo que lhe desse a tranqualidade para o resto do jogo, para o NY Red Bulls o golo do empate para que pudesse ainda aspirar a chegar á vitòria.

Mas foi a equipa visitante a chegar ao empate, ainda não se tinha sentado os adeptos do Revolution de celebrar o seu golo, eis que os Red Bulls chegam a igualdade, Grella ganha uma bola a entrada da area e remata forte e colocado para o fundo da baliza de Bobby Shuttleworth.

Tambem os Red Bulls no primeiro remate a baliza chegaram ao golo, tudo empatado nos golos e nos remates.

Agora restava saber quem teria mais capacide de resposta para chegar a vitória.

Mas foi o Revolution que esteve sempre por çima, foi a equipa da casa que mais vezes chegava a baliza do Red Bulls, sem criar muito perigo, é verdade, mas tambem era a equipa que mais posse de bola tinha.

Mas chegariamos ao intervalo sem que o resultado sofresse alteração,e o resultado até se açeitava, embora fosse a equipa da casa que mais fez para chegar ao golo, uma coisa é çerta, esta equipa do Red Bulls troca muito bem a bola e tem em Felipe Martins o motor da equipa, o brasileiro mexe com todo o futebol atacante da sua equipa.

No segundo tempo foi mesmo um jogo em que as duas equipas queriam ganhar, o Revolution com um ponto de atraso do seu advesário sabia que só a vitória lhe podia dar uma maior possibilidade de chegar ao primeiro lugar.

Em contra partida o NY Red Bulls sabia que com uma vitória teria práticamento o primeiro lugar garantido,mas foi o Revolution a chegar ao golo da vitoria.

Cruzamento para a area do NY Red Bulls e Scott Caldwell a desviar para Kelyn Rowe e este a rematar para o fundo da baliza a guarda de Luis Robles.

Estava feito o resultado final, a vitòria assenta bem aos donos da casa, mas a ser um empate tambem se açeitava, porque o NY Red Bulls fez pos isso.

Na equipa da casa Diego Fagundez esta em grande forma,e quanto a nòs o melhor em campo, mas Scott Caldwell esteve sempr muito ativo, e Kelyn Rowe está a subir de forma, e foi muito oportuno no golo que marcou.

No NY Red Bulls o seu capitão Dax McCarty foi o melhor bem acompahado pelo brasileiro Felipe Martins.

Jogo do Revolution em portugues para nesoccertoday.com

NE REVOLUTION—3—ORLANDO CITY SC—0

FOI O MELHOR JOGO DA TEMPORADA,,,,

Na verdade não me lembro de outro jogo em que o Revolution jogasse tão bem com este, jogada com prinçipio meio e fim, jogadas todas elas ao primeiro toque.

Os comandados de Jay Heaps não deram qualquer oportunidade á estreante equipa da Florida, sem o seu melhor jogador, é verdade que um jogador como Káká faz falta a qualquer equipa.

Ao serviço seleção do Brasil, Káká fez imensa falta a esta equipa que poucou ou nada fez para contrariar esta equipa do Revolution que fez a sua melhor exibição da época.

E começou çedo a equipa da casa a criar dificuldades ao guarda redes do Orlando SC, quando Chris Tierney cruzou e Charlie Davie de cabeça remata ao lado.

Poucos minutos depois os mesmos protagonistas, cruzamento de Chris Tierny e Chalie Davies de cabeça a obrigar Tally Hall a defender para a frente e Diego Fagundez a rematar e a bola foi bater no poste.

So dava Revolution, a equipa visitante práticamento não passava do meio campo.

Pouco depois novamento Chris Tierney a fazer um remate cruzado com a bola a bater no defesa Corey Ashe e cause fazia auto golo não fosse o guarda redes muito lesto e a desviar a bola para canto.

Quando tudo levava a crer que o jogo ia para o descanso sem golos , eis que na melhor jogada de todo o jogo a equipa da casa chega ao golo, novamento Chris Tierney a cruzar para Chralie Davies a amortecer com o peito para Lee Nguyen com um toque primoroso para Diego Fagundez a rematar de primeira e a fazer um grande golo.

Esperava-se que o Orlando City viesse para a segunda metade com mais vontade de dar a volta aos acontecimentos, mas na verdade esta equipa mesmo com Káká nao tem cabedal para este Campeonato, e verdade que e o seu primeiro ano na MLS, mas esperava-se muito mais desta equipa.

E esta segunda parte foi um retrato da primeira, so dava Revolution, o guarda redes Bobby Shuttleworth foi simplemento um mero espetador. Mas com tanto volume de jogo o Revolution so veio a descansar ao minute 84, quando o acabadinho de entrar Juan Agudelo recebe um passe deTeal Bunbury e foi sò empurrar para o segundo golo do jogo.

E já nos descontos quanto a nòs o melhor jogador em campo Chris Tierney marcou o terçeiro golo do jogo,.

Quanto aos visitants que tem no seu plantel o portugues Rafael Ramos que joga no lado direito da defesa, jogador emprestado pelo Benfica a equipa da Florida, teve a infelicidade que o Revolution encaminha-se todo o seu futebol atacante pelo o seu lado, e o seu colega Luke Boden nunca lhe dei a ajuda neçessária, e por ai nasceram os dois primeiros golos.

Tambem uma palavara para o guarda reds Tally Hall, que defendeu muito, e nada podia fazer nos golos,nao fosse a sua grande exibicão o resultado muito bem podia ter sido mais elevado, e não fosse a grande exibição de Cris Tierney seria ele o melhor em campo.