Skip to content

Agosto 2, 2015

NE REVOLUTION—3—TORONTO FC—1

JOGO “MORNO” EM TARDE QUENTE,,,,

Foi sem duvida um jogo “morno”numa tarde bastante quente, um jogo em que as duas equipas precisavam de ganhar, com a época a chegar ao ser fim, os pontos são preãisos para chegar aos play offs.

A equipa do Toronto FC apresentou-se sem o seu melhor jogador, Michael Bradley, mas isto não pode servir de desculpa para tão fraca exibição, com um futebol jogado cause sempre para os lados, com um futebol pouco vistoso,mas até a equipa consegue ter posso dr bola, mas quado chega perto da baliza adversária não se consegu rematar, não se consegue criar situações de golo.

Com Michael Bradley esta equipa é completamento diferento, e uma equipa que joga mais rápido, e uma equipa que joga mais para a frente, e uma equipa que cria dificuldades aos adversários.

Nao me lembro de uma defesa que Bobby Stuttlleworth tive-se feito durante o jogo todo, esta equipa pouco ou nada remata, no único remate consegui fazer o seu golo de honra.

Se o jogo ja estava resolvido a jogar com onze, depois da explusão de Jozy Altidore e a jogar com dez o Toronto ainda menos vezes chegou a baliza do Revolution.

Por lado do Revolution a coisa tambem não foi muito melhor, marcaram trez golos ganharam os trez pontos, mas quando o seu treinador diz que a sua equipa fez um bom jogo ,nao sei que o jogo que Jay Heaps esteve a ver.

O Revolution mesmo a não fazer uma boa exibição foi sem duvida melhor do que o seu adversário, teve mais posse de bola rematou mais e não fosse o guarda redes do TFC Josph Bendik a fazer duas ou trez boas defesas o resultado podia ter sido uma goleada ás antigas.

E o Revolution marcou çedo, eram decorridos 8 minuto de jogo, quando de uma falta perto da area do TFC e Kelyn Rowe ao ver que os jogadores do TFC estavam todos a “dormir” deu um toque na bola para Chris Tierney este de primeira para Charlie Davies e este não se fez rogado e rematou para o primeiro golo do jogo.

A partir do golo o jogo começou a ser jogado mais a meio campo, mas aos 39 minutos de jogo o jogo cause que terminou para a equipa visitante, com a explusão de Jozy Altidore, e pouco depois o Revolution aumentava para dois golos a diferenca no marcador

Bola metida para a area do TFC e um defesa a desviar com as mãos da bola o avancado do Revolution e o árbitro perentório mandar marcar a respetiva grande penalidade, que Lee Nguyen transformou no segundo golo do Revolution.

Se o jogo teve pouca historia nos primeiros 45 minuto, ainda menos teve nos segundos, um golo marcado por Charlie Davies para o lado do Revolution para acabar com o jogo, e pouco depois o Toronto FC a reduzir por Jonathan Osorio.

Estava feito o resultado do jogo. numa tarde e noite quente, num jogo que foi muito mas muiro morno para o meu gusto, era tudo feito muito lentamento, mas contudo isto a vitoria assenta bem aos donos da casa , quanto ao melhor em campo, Charlie Davies, não por o que jogou mas sim pelos dois golos que marcou.

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: